terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Eu adapto Ele adapta Nós adaptamos

"A adaptação é uma caracteristica ou comportamento natural evoluído."
Estamos passando por esse processo, o Arthur começou a estudar essa semana, e nós estamos nos adaptando à novidade. Todos com muito esforço diga-se  de passagem. Ele tentando se acostumar ao novo ambiente, e à conviver com novas pessoas, e eu tentando me acostumar a ficar sem ele em casa. Faço coisas do tipo, procurá-lo porque ele está quietinho demais e deve estar fazendo arte.
Repito sempre que os filhos devem ser criados para o mundo, mas como é difícil deixá-los ir. O ritual de arruma-lo de manhã, estimular para que ele sinta segurança do que vai acontecer, com musiquinhas e tudo o mais, além de garantir que a mamãe vai, mais daqui a pouco volta para busca-lo e que na escolinha ele vai fazer muita coisa legal, cai por terra quando eu entrego ele nas mãos da professora e ele fica chorando.A orientação que a escola dá, de que você (pai e mãe) deve se despedir e ir embora mesmo com ele chorando é quase impossível de ser cumprida, a vontade é voltar pega-lo no colo e acalentar o choro.
Eu não sei para quem é mais difícil esse período de adaptação, mas acho que seja para a mãe. Ontem foi o primeiro dia de aula e eu me peguei no corredor, junto com o vini ( meu amado marido) ouvindo o Arthur chorar ( incrivel como a gente reconhece o choro do filho no meio de tanta criança chorando)  na vã esperança que ele fosse vir correndo para meus braços. Uma mãe mais experiente passou dizendo para não preocuparmos que logo eles irão gostar mais da escola que de casa. Não é fácil não, de longe se percebe as mães dos mais novinhos da escola, os de dois aninhos, aquela ambivalência de sentimentos estampada, onde a gente sabe que está fazendo o certo, mas queria o filho em casa.
Eu ainda estou sentada no meu "banco de adaptação*", mas sei que isso logo vai passar e outras mães estarão sentadas lá também.


* Referência ao texto Adaptação de mãe, da Denise Fraga publicado em sua coluna na revista Crescer:
http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI204001-15542,00.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário